AINDA SOU EU - JOJO MOYES

Leitura Romance Café - Ainda sou eu
Ainda sou eu 

Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido? Sequência dos romances Como eu era antes de você e Depois de você, que arrebataram o coração de milhares de fãs, Ainda sou eu conta, pela perspectiva delicada e bem-humorada de Lou Clark, uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança. 






Título Original: Still me   Ainda sou eu
Autor: Jojo Moyes 
Ano: 2018
Páginas: 398
Editora: Intrínseca
Gênero: Romance | Ficção
Sinopse
Sequência dos romances Como eu era antes de você e Depois de você, que arrebataram o coração de milhares de fãs, Ainda sou eu conta, pela perspectiva delicada e bem-humorada de Lou Clark, uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança. Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik — Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou. Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido? Sequência dos romances Como eu era antes de você e Depois de você, que arrebataram o coração de milhares de fãs, Ainda sou eu conta, pela perspectiva delicada e bem-humorada de Lou Clark, uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança. 
Resenhando | Agora sou eu

Partindo do ponto óbvio de que você já leu os outros dois, vamos deixar as ponderações e pequenas explicações de lado e ir direto ao fato.

Bem, é hora de encerrar essa série de livros, então nada como apresentar a vocês a resenha do livro Ainda sou eu, e contar o desfecho dessa gentil (agora, de volta) e encantadora protagonista, Louis.


Gente! Vamos concordar em um ponto: Will morreu e isso não tem volta, não é um livro de magia ou espiritualidade. Por isso, sem choramingo e lamentações, o jeito é seguir em frente.
              
 “Não suporto imaginar a vida sem ele.”

Nossa doce protagonista consegue outro emprego de cuidadora em NY, a paciente em questão é uma mulher que mantém um relacionamento com um homem bem mais velho; por ser “a outra”, ela sofre com preconceito e humilhações por parte dos familiares dele. Todos pertencem à alta (bem alta) sociedade. Se prepare para mergulhar nesse mundo fascinante que sempre vem para conquistar o público.  AH, e é nesse novo ambiente que nossa doce protagonista irá encontra Joshua Ryan, um homem que vai devolver não só a ela, como a nós também, um sopro do passado.  A irmã de Lou vai aprontar das suas, fique certo disso.  

É obvio que a autora em cada um dos livros quis apresentar ao leitor uma mensagem, no primeiro conhecemos o que uma pessoa positiva pode fazer na vida do outro, também mergulhamos no mundo daqueles que têm alguma limitação física, enfim... No segundo, é um tratamento da alma, a dor da perda, a necessidade de não fugir, mas aceitar a realidade e compreender que o mundo não para de girar após uma dolorosa perda.  
                      “Tenha cuidado para o que diz sim.”

A verdade é que eu fiquei feliz, logo nos primeiros capítulos, Jojo me fez o favor de devolver a Louis sua verdadeira identidade (para os que leram a segunda obra, de certo notaram um estado depressivo que não condizia com a protagonista, que sempre se mostrou vibrante e positiva no primeiro livro).

Os grandes redemoinhos de emoções no qual ela se viu obrigada a romper fortaleceram a jovem, que ressurge agora mais madura (não menos atrapalhada) e com sua inicial identidade: hiper carismática, apesar de às vezes nos tirar a paciência, no bom sentido, rsrsrsr.

Apesar de vermos e conhecermos o Will apenas no primeiro livro, inegavelmente ele ainda reflete suas marcas na vida dessa jovem e encantadora protagonista. O que ela passou e tudo o que enfrentou, principalmente a perda dele, deu a ela força para saltar o degrau e prosseguir.

Essa mensagem do livro eu amei, afinal, todas as pessoas que passam por nossa vida deixam algo de bom ou de ruim. Will deixou em Louis as mais encantadoras lembranças e a fortaleceu para o amanhã, já em nós ficou a saudade. Então é graças a ele que agora podemos destrinchar um pouco dessa história Ainda sou eu.  

 Se prepare para tropeçar com choro, risadas, diversões e acreditem, para os que gostam de sofrer, o drama ainda estará presente. Jojo claramente transmite nesse livro a necessidade de seguir, acreditar e lutar. Essa mensagem vem acompanhada por novos personagens (pessoas incríveis que surgem para abrilhantar e dar mover na história). O romance ainda está presente, porém bastante ameaçado... 

“É realmente minha alma gêmea. Eu soube disso desde o primeiro dia.”

“Faz muito tempo que deixei de acreditar que o amor resolve tudo.”

Ainda sou eu persiste na linha original, o livro não tem uma, mas algumas mensagens importantes a passar, a leitura é muito rápida, leve; o livro é uma história de superação, crescimento, romper as barreiras e acreditar em você mesmo. Lou, agora se mostra mais madura e isso é muito interessante, e ela voltou a ter o carisma que nos fez apaixonar na primeira história.
       “Você só demorou um pouco para encontrar seu caminho.”
O importante mesmo no final de toda essa leitura foi que sim, valeu muito a pena persistir e ir até o final; enfim, pude ver um desfecho que me agradou. Não sei com vocês, mas comigo não foi nem uma e nem duas vezes em que eu me indignei com a Jojo. Mas entre mortos e feridos, os fortes prevaleceram. E dos três, este foi o que mais me agradou, já que a nossa jovenzinha merecia o melhor, né!





Ordem / Sequência dos Livros (Trilogia):


1. Como eu era antes de você 

2. Depois de você

3. Ainda sou eu

 


Jojo Moyes nasceu em 1969 e cresceu em Londres. Estudou jornalismo e foi correspondente do jornal The Independent por 10 anos. Publicou seu primeiro livro em 2002, e desde então dedica-se integralmente à carreira de escritora. Jojo vive em Essex com o marido e o filho.


2 comentários

  1. Que resenha linda dessa história linda e emocionante! Esse livro é um dos únicos que eu já li da JoJo Moyes, pois é uma sequência de "Como Eu Era Antes de Você" e "Depois de Você". Adoro a personagem da Lou Clarke, porque acho ela bem divertida e engraçada, mas o que mais gostei nessa história é que "desromantiza", muita coisa que a Lou romantizou na cabeça dela com o Will. Gostei bastante de ler a resenha e de conhecer a sua opinião sobre a obra!

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Achei super interessante a resenha, e você escreve muito bem! A capa desse livro é tão bonita, talvez porque seja bem simplista também. Senti falta de um aviso de spoiler no início do post, pois não esperava que numa resenha receberia uma informação tão importante para uma série como a morte de um personagem que parece ter certo impacto. Enfim, continue o bom trabalho!
    Abraços,
    Literalize-se

    ResponderExcluir