Atrás da Porta - Adriana Gavazzoni

Leitura Romance Café
Atrás da Porta 
Com uma capa muito bem elaborada e uma diagramação bem feita, Atrás da Porta foi para mim uma gostosa experiência. Quero sim dar continuidade a essa leitura, mesmo porque eu preciso saber se a Simone irá seguir em frente com Carl ou se dará uma chance ao Edward. Também quero me aprofundar nessa leitura conhecendo mais a vida de Lara.



Título Original: Behind The Door - Atrás da Porta
Autor: Adriana Gavazzoni 
Ano: 2018
Editora: Masdras
Páginas: 564
Categoria: Romance

Leitura Romance Café
Atrás da Porta
Sinopse
Lara, uma linda arquiteta que morre nas mãos de seu namorado Mark, um advogado Nova Iorquino. Para ajudar a elaborar a defesa e sustentar sua tese de que a morte de Lara foi acidental, Carl, o advogado de Mark, contrata Simone, uma psiquiatra, professora e autora de livros sobre distúrbios sexuais. Simone recebe de Carl um relato detalhado – escrito por Mark, sobre o relacionamento passional dele com Lara – e passa a estudá-lo. Enquanto analisa o texto do suposto assassino, Simone continua a atender pacientes psiquiátricos, com perturbações de ordem sexual e fantasias não usuais, ao mesmo tempo em que pesquisa comportamentos sexuais sadomasoquistas para seu próximo livro. Edward, amigo, sócio e parceiro de pesquisas de Simone, trabalha ajudando a polícia na investigação de um assassino serial que vem torturando e matando mulheres. Sexo incomum e ardente, pacientes psiquiátricos hilários, romances tórridos – que têm como cenários Nova Iorque e Paris – este livro é uma combinação de mistério, erotismo, suspense, humor e romance.


Resenhando | Atrás da Porta

Este é um livro de suspense que também ressalta o erotismo, humor e romance.
Como plano de fundo, se você nunca foi à Paris ou Nova Iorque, esta é uma boa oportunidade de conhecer um pouco mais desses lugares, que são descritos com zelo pela autora.

É lá que moram nossos personagens principais: Simone uma psiquiatra palestrante e também escritora (busca atualmente informações para sua obra, focada nos comportamentos sexuais), Carl, advogado de Mark (suposto assassino, também colega de profissão) e, por fim: Lara (a jovem assassinada).

As linhas da vida desses personagens tão interessantes se cruzam, quando Lara é morta num momento íntimo dela com seu parceiro (Mark). Carl é contratado por Mark, e para defesa ele vai em busca de Simone. Depois de estar a par do caso, ela decide mergulhar nesse processo, e como o coração não obedece regras, a advogada se vê bem mais envolvida no caso do que deveria.

A psicóloga, diante das recentes pesquisas, pode ser a chave mestra para livrar Mark da prisão. Sem demora, ela entra de cabeça nesse projeto e como ponto de partida tem as páginas escritas por Mark, que relata com riqueza de detalhes os momentos vividos por ele e Lara.

Faço agora uma pausa para um detalhe importantíssimo aos leitores:

Amo livros que se passam em momentos diferentes, e este livro se passa no presente e também no passado; isso sempre que Simone mergulha nos relatos escritos por Mark, nos permitindo conhecer o réu e compreender as verdadeiras emoções que levaram o jovem casal a esse limite extremo.

Com essa viagem, também nos apegamos a Lara que apesar de estar morta, tem no título do próximo livro seu nome: “O diário de Lara”.  (um livro que também promete)

Se você acredita que isso é tudo, está muito longe do que é viver essa leitura. Isso porque a vida de Simone é muito acelerada e ativa. Ao mesmo tempo em que ela busca informações para ajudar Carl em sua defesa, inevitavelmente sentimentos acontecem entre eles, mas ela, focada como é, continua com suas pesquisas atendendo pessoas com certos distúrbios comportamentais. Boa parte das páginas do livro descreve esses momentos.

Simone também conta com uma ajuda importantíssima para colher informações: Edward (sócio e parceiro). Esse policial não deixa de ser uma pessoa insubstituível na trama, afinal, ele está atualmente à caça de um serial Killer, não sendo o bastante, também nutre esperanças de conquistar o coração de sua parceira Simone.

Minhas opiniões


Esse é um bastante interessante, que foi muito bem escrito, atento a um enredo difícil de ser abordado, que é a investigação criminal. Os personagens são fortes e até mesmo Lara tem o seu destaque.

Narrada por Simone, o livro traz uma narração descritiva que, em alguns pontos, pode frustrar. Calma que eu explico. Sabe quando o enredo te prende e você gostaria de ir mais fundo naquele momento? Isso aconteceu comigo. 


Você como leitor, verá que devido à história ser bastante acelerada, com muitas informações para fechar o enredo, em alguns pontos pode faltar a intensidade nos sentimentos. Mas isso depende do leitor. Eu sou o tipo de pessoa que me perco nas descrições, elas me fascinam, já outros (os apressadinhos), adoram focar no enredo. E esse livro visivelmente se preocupou com esse detalhe, tanto é que foi até mesmo premiado. 

Então se você é do tipo atraído por uma leitura mais descritiva, talvez sinta dificuldade. Porém, para os amantes de uma boa história, com um ótimo roteiro, esse se torna o livro ideal.

Outro ponto que também quero ressaltar é que em todos os pacientes temos o transtorno comportamental sexual vindo de uma mesma causa (abusos sofridos), então me peguei pensando se não teria sido interessante, abordar outros tipos de causa. Afinal, quando o assunto é sexo, o leque se amplia. 

Depois desse comentário acima, também me lembrei de um pequeno detalhe: ainda temos outros dois livros com muita história pela frente... 

  

Considerações finais:

Com uma capa muito bem elaborada e uma diagramação bem feita, Atrás da Porta foi para mim uma gostosa experiência. Quero sim dar continuidade a essa leitura, mesmo porque eu preciso saber se a Simone irá seguir em frente com Carl ou se dará uma chance ao Edward. Também quero me aprofundar nessa leitura conhecendo mais a vida de Lara.

Para você que gosta de uma boa história com um bom mistério, conhecer novos lugares e se enveredar em segredos, este livro certamente irá te prender.

Só me resta agora aguardar o Diário de Lara.

Jamais poderia deixar de agradecer a lindíssima diva Adriana Gavazzoni, que me permitiu mergulhar nessa deliciosa aventura literária. Parabéns pela obra tão inspiradora, e por favor, nos avise assim que publicar aqui no Brasil o segundo volume. Pelo que pude perceber, ainda tem muita coisa a acontecer. 

E vocês, gostam de suspense psicológico? Já leram algum? Qual foi?



Nenhum comentário