O Par Perfeito - Nora Roberts

O Par Perfeito - A Pousada - Nora Roberts
O Par Perfeito
Nora, Nora... É com saudade que me despeço dessa família incrível que conheci recentemente.
Ah, se eu pudesse sentar numa cadeira de balanço de frente a pousada e apenas observar... de caneca na mão, e com olhar curioso de uma vizinha fofoqueira, assistir o ir e vir, desfrutando do movimento que vez ou outra nos rouba um sorriso.

Título Original: THE PERFECT HOPE | O Par Perfeito
Autor: Nora Roberts 
Ano: 2016
Editora: Arqueiro - Amazon - Kindle e outros
Páginas: 320
Categoria: Romance Contemporâneo
Sinopse:Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro.Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois.Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito?No livro que encerra a trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta Ryder Montgomery, que, ao tentar driblar o amor refugiando-se no trabalho, acabou sendo surpreendido pelo sentimento mais nobre e profundo que já teve.

Resenhando – O Par Perfeito

Nora, Nora... É com saudade que me despeço dessa família incrível que conheci recentemente.
Ah, se eu pudesse sentar numa cadeira de balanço de frente a pousada e apenas observar... de caneca na mão, e com olhar curioso de uma vizinha fofoqueira, assistir o ir e vir, desfrutando do movimento que vez ou outra nos rouba um sorriso.

Hoje, digo adeus a A Pousada. Todos os volumes cumpriram o seu papel; e em cada um tinha uma gostosa experiência a ser apresentada. O amor pode acontecer de muitas formas, até mesmo nos corações mais teimosos e resistentes.

Com O Par Perfeito, Nora encerra essa trilogia de um jeito prazeroso, se bem que isso é uma característica ímpar que essa mestra na escrita sabe explorar.

Ryder Montgomery agora ganha o destaque, esse é aquele irmão que faz o tipo linha dura, conseqüentemente adora ver as mulheres sob seus pés. Eu fiquei. Assim que o idealizei com aquele cinto de ferramentas, amparado por suas curvas bem definidas e másculas... ai... ai... De volta ao foco: A verdade é que todas se derretem por esse esforçado e dedicado homem (e que Homem, diga-se de passagem).

Com o término da reforma, Hope Beaumont (uma ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington) é contratada como a mais nova gerente da pousada. Ela é uma mulher que foi acostumada à agitação da cidade grande, sabe apreciar o luxo e as agitadas boates, mas tudo isso é deixado de lado, para que o seu trabalho possa ser executado com excelência.


Hope, além de ser linda, é uma dedicada funcionária, que para cumprir melhor sua função passa até mesmo a dormir num quarto na pousada. Nada escapa diante dos seus olhos de Lins que, atentos, rapidamente demonstram que não está para brincadeiras. Com um feeling para os negócios, ela consegue alcançar o respeito de todos. Quanto à sua vida amorosa: feliz no trabalho, encalhada no amor.

A história discorre de modo atraente e até divertido, falo divertido porque eu adoro um barraco; e entre ela e Ryder, o bicho pega constantemente. Ambos têm o temperamento forte e não cedem com facilidade. Então se preparem para as discussões hilárias que tornarão desse livro outra gostosa experiência.

Mas não pense que tudo são flores e beija-flores, o ciúme, a traição e outros péssimos sentimentos estarão também entremeados por entre as páginas.

De volta a nossa mais nova personagem, Hope, com o seu jeito infalível para administrar o negócio, foca no trabalho, porém o seu passado resolve ressurgir. Inesperadamente, ela recebe uma visita indesejável, que pode lhe causar muitos constrangimentos e humilhações.

A história fica ainda mais fofa depois desse ponto, isso porque Ryder se curva diante de um sentimento nunca antes vivido, o passado de Hope não é páreo para calar o que aos poucos toma forma e se fortalece na calada dentro dela. Esse casal tem uma química visível, ambos se atraem de uma forma intensa. Quando juntos, o tempo para e a vida se torna mais doce, adultos e maduros aproveitam do prazer da presença um do outro. Lembrando-me dos quartos desocupados, nem preciso detalhar onde isso vai dar!


O Par Perfeito vem para mostrar que o amor pode acontecer entre duas pessoas que não têm nada a ver, e mais, quando um sentimento genuíno bate à porta, o melhor é encontrar a chave que estava perdida e destrancá-la.   

A narrativa permanece na terceira pessoa, como as águas de um rio calmo e sereno que flui por um caminho mágico.  Nora nem mesmo se esqueceu de dar um final encantador à história sobrenatural, que vez ou outra nos deixava com a pulga atrás da orelha (o mascote da pousada, lembra?). Realmente, o romance estava em toda parte...

Em nenhum dos livros me vi em dificuldade para mergulhar na história, os muitos personagens com suas características fascinantes me cativaram. O segundo volume foi o que mais me conquistou.

Enfim, essa é uma coleção doce, simples, porém de uma profundidade grandiosa. Você se verá em meio a uma trama muito bem construída, sólida.

Mas de tudo, o que não podemos esquecer é que amor é algo importante e deve ser respeitado e bem tratado. Ah, e claro: Todos nós merecemos encontrar “o par perfeito”, óbvio!




Ordem / Sequência dos Livros (Trilogia):


1. Um Novo Amanhã 

2. O Eterno Namorado

3. O Par Perfeito


Nenhum comentário